Fato Concreto

Fato Concreto

Páginas

Polícia prende em flagrante dois suspeitos de homicídio logo após o crime


A polícia registrou um homicídio, no início da tarde desta quinta-feira (20) na localidade conhecida como Salgada, bairro Novo Horizonte. O tratorista, Fernando dos Prazeres Silva, 42 anos, que morava na Rua Arapoti, no bairro Papagaio foi morto a tiros.





A vítima estava trabalhando, usando um trator às margens da pista, quando Marlon Oliveira de Freitas, 19, morador do conjunto George Américo, e um adolescente de 17 anos, se aproximaram em uma motocicleta e efetuaram os disparos.



A dupla foi presa logo em seguida por policiais militares do PETO Sertão, da 66ª Companhia Independente. Segundo a polícia, o adolescente teria sido o autor dos disparos, enquanto Marlon conduzia a moto.

De acordo com informações de um integrante da guarnição do Peto Sertão, a equipe efetuava rondas ostensivas de rotina na região do bairro Parque Ipê quando recebeu o alerta sobre o crime e, ao seguir em direção ao local, avistou duas pessoas com características semelhantes.


“Fizemos o acompanhamento, eles tentaram fugir mas conseguimos alcançá-los e ao realizar a abordagem foi constatada a autoria. Eles relataram com muita frieza, e percebemos que na atitude deles de colocar chumbinho (veneno) na munição, havia mesmo a intenção não de machucar, mas sim de matar”, disse o policial em entrevista cedida ao Acorda Cidade

Marlon teria sido o piloto de fuga


O adolescente disse que a vítima teria tentado matá-lo e que por isso cometeu o crime. “Ele tentou me matar a tiros, e eu fiquei sabendo que foi ele. Tem uns seis meses isso. Hoje eu estava vindo do trabalho e me bati com ele, aí fui pegar uma arma e chamei Marlon. Coloquei chumbinho para não ter vez. Ele atirou em mim no pé e na coxa e hoje aconteceu o que aconteceu”, confessou o adolescente.

0 comentários:

Postar um comentário